sexta-feira , 24 novembro 2017
Home / Policial / PM é preso acusado de sequestrar homem após desacordo comercial em Dourados

PM é preso acusado de sequestrar homem após desacordo comercial em Dourados

um-policia-e-um-representante-da-lei_569969Um policial militar foi preso junto do sogro após sequestrar e manter em cárcere privado duas pessoas em Dourados na noite de domingo (9). O fato ocorreu por conta de um desacordo comercial envolvendo a comercialização de passagens aéreas para uma viagem.

De acordo com o boletim de ocorrência, o PM Juliano Silveira Pinto, 34 e o sogro de 63 teriam cometido o ato no bairro Vila Toscana, por volta de 18h30.

Duas pessoas, uma de 21 e outra de 30 anos, acabaram ameaçados e posteriormente obrigados a entrar num veículo onde foram levados até a rua Ciro Melo, no Residencial Maxwell.

Lá eles ficaram sob ameaças de só sair se realizassem a aquisição das passagens.

Cobrança

O caso teve início após Ricci ter desembolsado R$ 2,5 mil para a aquisição de pacote de viagem junto ao homem de 30 anos, que seria o responsável pela venda e há pelo menos seis meses estaria cobrando o produto, mas era sempre ‘enrolado’.

Ontem, sogro e genro resolveram cobrar o rapaz e foram até a casa do ‘devedor’, onde acabou o ameaçando e colocando num carro junto do funcionário, levando até o residencial.

A mulher ficou sabendo do caso por vizinhos e entrou em contato com a Polícia Militar que após investigações chegou até o local.

Lá, a dupla confessou que era mantida sobre ameaças.

Todos acabaram levados ao 1º Distrito Policial, onde o caso foi registrado. Já o policial acabou entregue no batalhão da PM, em Dourados, e responderá pelo ato.

(Dourados News)